Onde est� o Aedes?

nível de
atenção

MI Aedes - Monitoramento Inteligente do Aedes aegypti

As informaes do MI Aedes (at 2016 denominado MI Dengue) garantem mais agilidade e eficcia preveno e combate das doenas transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti em Porto Alegre. A tecnologia para monitoramento da proliferao do mosquito vetor  rene informaes coletadas em armadilhas (Mosquitrap) para captura de mosquitos adultos instaladas em bairros da cidade (1.218 armadilhas em 42 bairros, ao final do primeiro semestre de 2018).

No final de maio de 2018, os bairros so os seguintes: Aparcio Borges, Azenha, Boa Vista, Bom Jesus, Cavalhada, Chcara das Pedras, Cidade Baixa, Costa e Silva, Cristo Redentor, Farrapos, Farroupilha, Glria, Higienpolis, Ipanema, Jardim Botnico, Jardim Carvalho, Jardim do Salso, Jardim Itu, Jardim Leopoldina, Jardim Sabar, Mrio Quintana, Medianeira, Menino Deus, Nonoai, Parque Santa F, Partenon, Passo d’Areia, Passo das Pedras, Petrpolis, Restinga, Rubem Berta, Santa Teresa, Santana, Santo Antnio, So Jos, Sarandi, Terespolis, Trs Figueiras, Vila Ipiranga, Vila Jardim, Vila Joo Pessoa, Vila Nova.
 
No mapa na capa do site, o sistema mostra o ndice de infestao do mosquito nas reas onde as armadilhas esto instaladas, numa escala de cores: verde, amarelo, laranja e vermelho indicam o ndice de infestao; roxo, indica a existncia de mosquitos infectados com o vrus. Cada bolinha do mapa corresponde rea de abrangncia de uma armadilha. Casos da doena confirmados so indicados com marcador azul. 
 
 As armadilhas so posicionadas em rea externa de residncias e estabelecimentos comerciais, com a distncia aproximada de 250 metros entre uma e outra. So confeccionadas em plstico preto e tm em torno de 30 centmetros de altura. Antes de mont-las, os agentes conversam com moradores e proprietrios de empresas da regio para solicitar a concordncia deles e a permisso para reavaliao semanal da situao.
 
Ao examinar os locais visitados, os agentes de combate a endemias repassam a CGVS, em tempo real, as informaes obtidas – como o nmero de mosquitos encontrados em cada armadilha. A tecnologia est sendo utilizada desde 2012 e foi contratada pela Secretaria Municipal de Sade, junto empresa Ecovec, de Minas Gerais. Com base nas informaes coletadas, pelo sistema, a Coordenadoria Geral de Vigilncia em Sade (CGVS) dispe de um mapeamento atualizado em tempo real sobre as condies de infestao em cada bairro com armadilhas.